A comparar o Firefox Browser com o Opera

O Firefox Browser e o Opera são dois dos navegadores mais antigos no mercado, que ainda lançam atualizações de forma frequente. Embora o Opera não tenha atingido o mesmo nível de utilização, como o Firefox ou do Google Chrome, ele mantém uma base de utilizadores relativamente estável e leal, por um período de tempo prolongado. Nesta análise, iremos comparar o navegador Opera com o navegador Firefox em termos de segurança e privacidade, utilidade e portabilidade para o ajudar a escolher o navegador que pode ser o mais adequado para si.

Segurança e Privacidade

Segurança e privacidade Firefox Opera
Modo de navegação privada Sim Sim
Bloqueia cookies de monitorização de terceiros por predefinição Sim Sim
Bloqueia códigos de criptomineração Sim Sim
Bloqueia rastreadores de redes sociais Sim Não

A política de privacidade do Opera carece de alguma especificidade, na explicação de quais os tipos de informações este recolhe e como. Em determinadas secções, diz que são recolhidos nomes de titulares de conta, endereços IP e termos de pesquisa. O que parece confuso e preocupante é a secção sobre as transferências internacionais de dados; quando, com que frequência e porque precisam transferir os seus dados internacionalmente, não é explicado.

A política de privacidade do Firefox é muito transparente ao descrever quais as informações pessoais que recolhemos, com o único objetivo final de lhe fornecer um maior controle sobre as informações que partilha na Internet.

Quanto às proteções efetivas de privacidade do navegador Opera, este fornece um modo Privado robusto que permite navegar na Internet sem que o navegador rastreie a sua atividade. No modo de navegação normal, também pode desativar algumas funcionalidades de recolha de dados, procurando e ativando o bloqueador de anúncios e ajustando outros recursos de segurança nas definições.

Com a versão mais recente do Firefox, a Proteção melhorada contra a monitorização está ativada por predefinição no modo de navegação normal, para que não precise de mexer nas definições apenas para se proteger dos rastreadores. Com a Proteção melhorada contra a monitorização, o Firefox bloqueia ativamente milhares de rastreadores de terceiros que tentam seguí-lo pela Internet. Você recebe um relatório de proteção personalizado que mostra com que frequência o Firefox bloqueou cookies de terceiros, rastreadores de redes sociais, ferramentas de identificação digital e criptomineradores, enquanto navega na Internet.

Criámos o Firefox para pessoas como você, que se preocupam a sério com a privacidade e a segurança pessoal. É por isso que recolhemos tão pouca informação sobre os utilizadores e somos transparentes sobre como utilizamos esta informação. É difícil saber como o Opera está operar do ponto de vista da privacidade. Embora existam recursos de privacidade robustos, a maneira como eles próprios recolhem e partilham os seus dados é obscura. O Firefox permanece consistente no que dizemos e no que fazemos para proteger a sua privacidade.

Transferir o Firefox Browser

Utilidade

Utilidade Firefox Opera
Bloqueio de reprodução automática Sim Não
Navegação por separadores Sim Sim
Gestor de marcadores Sim Sim
Preenchimento automático de formulários Sim Sim
Opções de motores de pesquisa Sim Sim
Texto para voz Sim Não
Modo de leitura Sim Sim
Verificação ortográfica Sim Sim
Extensões web/Extras Sim Sim
Ferramenta de captura de ecrã no navegador Sim Sim

Não há dúvidas que o Opera é um navegador cheio de recursos, com uma interface de utilizador limpa e com opções de personalização robustas. Como o Opera é baseado no Chromium, ele pode aproveitar grande parte da vasta biblioteca de extensões do Google Chrome. O Firefox também possui uma grande biblioteca de extensões para navegar, mas não é tão grande quanto a do Chrome.

Tal como o Firefox, o Opera oferece uma experiência de separadores com deslocamento, o que significa que, quando abre mais separadores do que os que cabem no ecrã, este desliza os mesmos para fora do ecrã em vez de os reduzir de forma recorrente. Além disso, o Firefox e o Opera têm uma ferramenta de captura de ecrã que permite capturar uma imagem do seu ecrã ou parte de uma página. No entanto, a ferramenta Opera não permite criar captura completa de toda a página de Internet, apenas da parte visível.

O Opera fornece muita funcionalidade oculta na sua interface simples e personalizável. Por exemplo, há suporte integrado para aplicações de mensagens, como o Facebook Messenger. Há também um leitor de notícias que agrega artigos à sua escolha de sites e meios de comunicação. A funcionalidade equivalente do Firefox é o Pocket. O Pocket é um serviço gratuito para os titulares de contas Firefox que facilita a localização e o registo de artigos e vídeos interessantes de toda a Internet. Além disto, recomenda uma variedade de artigos que expandem a sua base de conhecimento, organizados por pessoas reais e ponderadas.

Em termos de utilidade, o Opera e o Firefox são concorrentes próximos. O Opera pode ter uma vantagem num aspeto, com a sua compatibilidade e acesso à enorme biblioteca de extensões do Chrome. Mas um aspeto significativo a ser considerado é o facto do Opera, por ser baseado no Chromium, ser um navegador com consumos elevados das capacidades de processamento e memória, comparável ao Chrome que é conhecido pela sua alta utilização da CPU.

Transferir o Firefox Browser

Portabilidade

Portabilidade Firefox Opera
Disponibilidade para o sistema operativo Sim Sim
Disponibilidade no sistema operativo móvel Sim Sim
Sincroniza com dispositivos móveis Sim Sim
Gestor de palavras-passe Sim Sim
Palavra-passe principal Sim Sim

O Firefox e o Opera são compatíveis com todas as plataformas, incluindo Windows, macOS, Linux, Android e iOS. Os titulares de contas Firefox podem sincronizar facilmente os seus marcadores, palavras-passe, separadores abertos e histórico de navegação, em todos os seus dispositivos associados. O mesmo se aplica a utilizadores do Opera com uma conta. No entanto, muitos sites, especialmente sites antigos que não são atualizados há vários anos, bloqueiam completamente na versão mais recente do Opera. Portanto, se visitar lugares como o antigo blogue do seu Ex é importante, preste atenção pois talvez não consiga aceder a alguns dos cantos mais empoeirados da Internet se utilizar o Opera.

Além da aplicação móvel normal, o Opera tem duas outras versões móveis do seu navegador: Touch e Mini. O Touch tem poucas funcionalidades, mas foi projetado para ser utilizado em todo o lado, apenas com uma mão. A versão Mini visa reduzir a utilização de dados e aumentar a velocidade em ligações lentas, reduzindo a qualidade das imagens e removendo conteúdo. Também oferecemos uma versão adicional, ainda que experimental, da nossa versão móvel do Firefox, o Firefox Preview, focado em velocidade e segurança.

Atualmente, a maioria dos principais navegadores, com exceção do Safari, funcionam perfeitamente em várias plataformas e navegadores. O Opera e o Firefox não são exceção, pois os dois navegadores oferecem uma excelente portabilidade em todos os dispositivos.

Transferir o Firefox Browser

Avaliação geral

No geral, o Opera é um navegador sólido, com uma interface limpa e muitas funcionalidades úteis disponíveis. No entanto, existem sérias preocupações com a privacidade, bem como um problema com a utilização excessiva de recursos de processamento. Embora o Opera tenha ótimas funcionalidades de utilização simples, ainda acreditamos que o Firefox continua a ser um navegador superior com base no desempenho e com uma postura transparente relativa à privacidade do utilizador, com proteções de privacidade rigorosas.

As comparações foram feitas com as seguintes versões de cada navegador:
Firefox (81) | Opera (67)
Esta página é atualizada 2 vezes por trimestre para refletir as versões mais recentes, no entanto pode não refletir sempre as últimas atualizações.