Os utilizadores do Windows de 64 bits que transfiram o Firefox podem, por predefinição, obter a nossa versão de 64 bits. Isto significa que obtém uma versão mais segura do Firefox e que também falha muito menos. Quanto menos? Nos nossos testes até ao momento, o Firefox de 64 bits reduziu as falhas em 39 % em máquinas com 4GB de RAM ou mais.


Qual é a diferença entre 32 e 64 bits?

A principal coisa a saber: as aplicações de 64 bits podem aceder a mais memória e têm menos probabilidade de falhar do que as aplicações de 32 bits. Além disso, com o salto de 32 para 64 bits, um recurso de segurança denominado por Randomização da disposição do espaço de endereçamento (em Inglês, ASLR) permite melhorar a sua proteção contra atacantes. Utilizadores do Linux e macOS, não se preocupem, pois já desfrutam de um Firefox otimizado para 64 bits.

Como obtenho o Firefox de 64 bits?

Se estiver a executar o Windows de 64 bits (pode confirmar aqui), o seu Firefox pode ser já de 64 bits. Confirme a sua versão do Firefox (na janela “Acerca do Firefox“) procure por “(32 bits)“ ou “(64 bits)“ após o número da versão:

  • Se for apresentado um “(32 bits)“ e estiver a executar o Firefox 56.0 ou mais antigo, a atualização para a versão mais recente do Firefox deve atualizar automaticamente para a versão 64 bits.
  • Se for apresentado “(32 bits)” e estiver a executar o Firefox 56.0.1 ou mais recente, o seu computador pode não cumprir o requisito mínimo de memória para os 64 bits (3 GB ou mais de RAM). Pode ainda instalar manualmente o Firefox de 64 bits, se assim o entender.
Se precisar de executar o Firefox de 32 bits ou instalar manualmente o Firefox de 64 bits, basta transferir e executar novamente o instalador do Windows (32 ou 64 bits) do Firefox a partir da página de transferência das plataformas e idiomas do Firefox.