Acerca do Lightbeam

Como o extra funciona

O Lightbeam visualiza as relações entre os sites que visita e sites de terceiros que estão ativos nessas páginas.

Ao utilizar duas representações gráficas interativas distintas — Gráfico e Lista — o Lightbeam permite que examine individualmente terceiros, identificar onde estes se ligaram a sua atividade online e fornece maneiras de interagir com esta vista única da Web.

A vista gráfica por omissão fornece uma visualização em tempo real de cada sítio que visita e todos os pedidos de terceiros feitos do seu navegador. A vista gráfica também fornece filtros ajustáveis que permitem que possa visualizar mais tipos de dados de relance. A vista em lista fornece mais opções para aprofundar a análise a sítios individuais. As preferências de sites na vista em lista permitem que possa impedir sites de estabelecer ligações a partir do seu navegador Firefox, ver os sites em que está interessado(a) ou ocultar sites que não quer ver.

O Lightbeam também oferece um painel de informação que fornece detalhes adicionais sobre o site que selecionou e os sites a que o mesmo se ligou.

As origens do Lightbeam

O Lightbeam começou em Julho de 2011 como o Collusion, um projeto pessoal por Atul Varma, um programador de software da Mozilla. Inspirado pelo livro, The Filter Bubble, Atul criou um extra experimental para visualizar o comportamento de navegação e de recolha de dados na Web.

Em Fevereiro de 2012, Gary Kovacs, o CEO da Mozilla na altura, apresentou o extra Collusion numa TED talk (agora uma das TED talks mais vistas de todos os tempos) para expor a monitorização online.

Em Setembro de 2012, a Mozilla juntou forças com investigadores e estudantes da Emily Carr University of Art + Design para desenvolver e implementar visualizações para o extra. Com o apoio da Ford Foundation e do Natural Sciences and Engineering Research Council (NSERC), Collusion foi redesenhado como o Lightbeam e foi lançado no final de 2013.

Para ler mais sobre a colaboração, por favor visite http://research.ecuad.ca/lightbeam

Política e a narrativa mais abrangente de monitorização

Na Mozilla, acreditamos que todos devem ter as ferramentas para tomar as suas próprias decisões sobre a sua privacidade na Internet e sobre quem recolhe dados sobre os mesmos. Com o extra Lightbeam, nós fornecemos uma valiosa (e aberta) plataforma comunitária de investigação que tem como objetivo consciencializar, promover a análise e, em última instância, influenciar alterações políticas nas áreas de monitorização e privacidade. O Lightbeam é um passo de esforço maior e concertado da Mozilla e dos seus parceiros para fornecer aos utilizadores da Internet um maior controlo e transparência dos seus dados pessoais.

Saber mais acerca de monitorização e privacidade online

A Mozilla Foundation é uma organização sem fins lucrativos que promove os valores da Web aberta para um mundo mais vasto. A comunidade da Mozilla vê a importância crescente da privacidade na Internet e está a apoiar várias iniciativas que abordam a questão de diversas formas. stopwatching.us
www.mozilla.org/dnt/

Formatos de dados no Lightbeam

Visite a nossa documentação no Github para saber mais sobre os formatos de ficheiro utilizados no Lightbeam.

Parceiros do Lightbeam

A Ford Foundation é uma organização sem fins lucrativos que se foca na missão de melhorar o bem-estar das pessoas. Fornecem apoio a empresas e instituições dedicadas a fortalecer os valores democráticos, reduzindo a pobreza e injustiça social, suportando a realização humana e fomentando a cooperação internacional.

A Social + Interactive Media (SIM) Centre na Emily Carr University of Art + Design apoia uma grande variedade de projetos em design e media, fornecendo às empresas acesso direto ao pensamento criativo, competências de design e de investigação dos alunos e docentes mais criativos da British Columbia.