Mozilla

História do projeto Mozilla

O projeto da Mozilla foi criado em 1998 com o lançamento do código fonte do pacote do navegador Netscape. Tinha como objetivo aproveitar o poder criativo de centenas de programadores na Internet e potenciar níveis sem precedentes de inovação no mercado dos navegadores. Durante o primeiro ano, novos membros da comunidade à volta do mundo já tinham contribuído com novas funcionalidades, melhorado funcionalidades existentes e envolveram-se na gestão e planeamento do projeto em si.

Ao criar uma comunidade aberta, o projeto Mozilla tornou-se maior do que qualquer outra empresa. Membros da comunidade envolveram-se e aumentaram o âmbito da missão original do projeto — em vez de apenas trabalharem no próximo navegador da Netscape, as pessoas criaram vários navegadores, ferramentas de desenvolvimento e um conjunto de outros projetos. Pessoas contribuíram para a Mozilla de diferentes formas, mas todos estavam interessados em criar software livre que permitiria às pessoas ter uma escolha de como elas experienciariam a Internet.

Depois de vários anos de desenvolvimento, Mozilla 1.0, a primeira grande versão, foi lançada em 2002. Esta versão apresentava várias melhorais ao navegador, um cliente de email e outras aplicações incluídas no conjunto, mas não havia muitas pessoas a utilizá-la. Em 2002, mais de 90% dos utilizadores da Internet navegavam com o Internet Explorer. Poucas pessoas repararam na altura, mas a primeira versão do Phoenix (mais tarde renomeado para Firefox) foi também lançado nesse ano por membros da comunidade Mozilla, com o objetivo de fornecer a melhor experiência de navegação possível para o maior número de pessoas.

Em 2003, o projeto Mozilla criou a Mozilla Foundation, uma organização independente e sem fins lucrativos apoiada por doadores individuais e várias empresas. A nova Mozilla Foundation continuou o papel de gestão das operações diárias do projeto e assumiu oficialmente o papel de promover a abertura, inovação e oportunidade na Internet. Fez isto continuando a disponibilizar software, como o Firefox e Thunderbird, e expandindo para novas áreas, tais como o fornecimento de bolsas para apoiar melhorias da acessibilidade na Web.

O Firefox 1.0 foi lançado em 2004 e tornou-se um enorme sucesso — em menos de um ano, foi descarregado mais de 100 milhões de vezes. Novas versões do Firefox têm sido lançadas regularmente desde então continuam a atingir novos recordes. A popularidade do Firefox ajudou a trazer a escolha de volta aos utilizadores. A competição renovada acelerou a inovação e melhorou a Internet para todos.

Em 2013, lançámos o Firefox OS para libertar o poder total da Internet nos smartphones e, mais uma vez, oferecer controlo e escolha a uma nova geração de pessoas que se estão a ligar à Internet.

A Mozilla também celebrou o seu 15º aniversário em 2013. A comunidade mostrou que empresas comerciais podem beneficiar da colaboração em projetos de código aberto e que excelentes produtos para utilizadores finais podem ser produzidos como software de código aberto. Mais pessoas do que nunca estão a utilizar e a experimentar a Internet no seu próprio idioma. Foi criada uma organização sustentável que utiliza mecanismos de mercado para suportar a missão do benefício público e este modelo foi reutilizado por outros para criar organizações abertas, transparentes e colaborativas num vasto conjunto de áreas.

O futuro está cheio de desafios e oportunidades iguais às do nosso passado. Não existe qualquer garantia que a Internet irá manter-se aberta, agradável ou segura. A Mozilla irá continuar a fornecer uma oportunidade para que as pessoas façam ouvir a sua voz e definam as suas próprias vidas online. Claro que não estamos a fazer isto sozinhos. A comunidade Mozilla, em conjunto com outros projetos e outras organizações de benefício público, existe apenas por causa das pessoas que estão empenhadas em transformar os nossos objetivos comuns em realidade. Se quiser juntar-se a nós na nossa missão, por favor envolva-se.

Para mais informações sobre a história da Mozilla, consulte: