Uma Internet saudável é inclusiva para todos

Quanto mais vozes, perspectivas, linguagens e pessoas contribuindo para a Web, mais rica é a experiência para todos. Mas a Internet ao todo ainda não é acessível, acolhedora e segura para todos. Juntos, temos o poder de moldar a Web e, com ela, o nosso mundo. Uma Internet saudável está aberta para você.

Inclusão digital significa promover a diversidade

Para que a Internet possa cumprir a sua maior promessa, ela deve refletir a diversidade e a experiência de todas as pessoas, em todos os lugares.

Apesar da Web parecer abrangente, ainda não é igualitária. Mais de metade do mundo ainda está sem ela; As economias emergentes e as comunidades periféricas são, muitas vezes, as últimas a obterem acesso. As mulheres estão usando muito menos a Internet do que os homens. E sem diversidade entre os seus criadores, a própria Web refletirá preconceitos inconscientes, enquanto algoritmos de personalização podem reforça-los.

Como você pode promover a diversidade

  • Crie conteúdo na web

    Crie seu próprio conteúdo na Web – como vídeos, postagens de blog, GIFs – no seu idioma, local para sua região.

  • Construa recursos

    Apoie um recurso como a Wikipédia que diminui drasticamente as barreiras ao conhecimento – ou melhor ainda, ajude a construí-la. A Wikipédia precisa de mais e mais contribuidores diversificados.

Como a Mozilla promove a diversidade

  • Acessibilidade avançada

    Avançando os padrões de acessibilidade da web e tornando o Firefox inclusivo através de esforços como o da nossa equipe de acessibilidade.

  • Desenvolvendo habilidades digitais

    Em parceria com a ONU Mulheres para ajudar mulheres na África e em todo o mundo desenvolvendo habilidades digitais.

Inclusão digital significa praticar o respeito

Todos nós devemos ter a capacidade de participar da Internet, sem ameaças à nossa reputação, a nossa confiança ou a nossa segurança.

Todos nós vimos quotas de comentários maldosos. Às vezes, a Web pode parecer um lugar muito hostil – especialmente para mulheres, minorias e membros de comunidades periféricas. Ao desencorajar as pessoas de ficarem on-line, o cyberbullying e a violência cibernética ameaçam não apenas os indivíduos, mas a própria Internet.

Como você pode praticar o respeito

Como a Mozilla está praticando o respeito

  • Apoiando ferramentas de segurança

    Apoiando o Projeto Coral, que trabalha para melhorar a forma como os jornalistas e comunidades se envolvem em sites de notícias, incluindo ferramentas como o Talk, que visa criar seções de comentários mais inteligentes e seguras.

  • Capacitando indivíduos

    Criando currículos abertos que capacitam as pessoas a criar espaços seguros on-line, como o Kit de Ensino: Combate à Violência Cibernética Contra Mulheres e Meninas.

Inclusão digital significa apoiar o acesso universal em toda a Internet

Todos devemos ter preços acessíveis, alta qualidade, acesso irrestrito a toda a Web, de modo que o mundo inteiro possa se beneficiar.

Para participar on-line, você tem que ser capaz de ficar on-line. Surgiram programas que oferecem acesso gratuito ou subsidiado à Internet, mas muitas vezes são lentos ou restritos, criando uma "Internet pobre para as pessoas pobres". Na sua forma mais extrema, os governos em todo o mundo estão desligando totalmente ou parte da Internet para servir seus próprios interesses, que podem ameaçar os direitos humanos e até mesmo a saúde da economia global.

Como você pode apoiar o acesso universal

  • Doe a sua tecnologia

    Doe seus computadores, notebooks e telefones antigos para organizações sem fins lucrativos para serem recondicionados e redistribuídos para comunidades carentes.

  • Defenda a abertura

    Diga aos seus representantes que uma Internet aberta e com preço acessível deve ser uma prioridade política.

Como a Mozilla está apoiando o acesso universal

  • Defendendo a neutralidade

    Defendendo a neutralidade da rede, para que todos tenham acesso à mesma Internet.

  • Conectando os desconectados

    Patrocinando o Equal Rating Innovation Challenge para encontrar soluções inovadoras para conectar os desconectados à uma Internet completa e aberta.

Quer saber mais?

Leia mais sobre a Inclusão Digital no nosso Relatório sobre a Saúde da Internet.